Responde-me quando clamo

Neste artigo falaremos sobre o Salmo 4, no qual encontraremos uma súplica do salmista Davi na presença de Deus, onde ele pede a Deus que responda ao seu clamor.

Nessa súplica, Davi exclamou a Deus, dizendo: “Ó Senhor, responde-me quando clamo a Ti.” David poderia estar sempre em apuros? Bem, não, só que houve momentos em que as aflições o atingiram e por isso pediu a Deus força e sabedoria para poder enfrentar esses momentos.

No primeiro versículo do Salmo 4, veremos o clamor que acabamos de mencionar, veremos também que Davi reconhece que em outros momentos de dificuldade Deus o ajudou:

Ouve-me quando eu clamo, ó Deus da minha justiça; na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.

Salmos 4:1

Aqui neste versículo podemos ver que Davi sempre permaneceu confiante diante de Deus, só que às vezes, como humanos que somos, tendemos a desmaiar e implorar desesperadamente pela ajuda de nosso Deus, sempre lembrando que Ele já havia vindo em nosso auxílio.

Podemos ter certeza que Davi sempre manteve sua total confiança no Senhor, que embora possamos ver como ele reclamava Deus, ele não parou de enaltecê-lo por alguma situação que estivesse passando.

Que bom quando podemos exaltar o Senhor, não importa as dificuldades, provações ou aflições, lembremo-nos de que devemos louvá-lo mesmo em nossos tempos difíceis. Deus sempre estará ao seu lado.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *